domingo, 4 de setembro de 2011

Sei que nunca entendera,

Este absurdo sentimento. Mas ainda assim te cuidarei, ainda assim eu ficarei sempre ao teu lado junto aos seus silêncios. Ainda assim te seguirei até que o mundo mude e gire ao contrário ... Aqui estarei !